Ações da Cyrela e Eztec caem 3% com visão mais negativa do CS e Copom

São Paulo – As ações da Cyrela e de outros papéis do setor de construção estão entre as maiores quedas do Ibovespa após o Credit Suisse reduzir a recomendação das ações da companhia e preço-alvo das empresas da sua cobertura, afirmando que prefere ficar fora do setor no momento. As ações ainda refletem a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que ontem elevou a Selic em 1 ponto percentual, para 6,25% ao ano, indicando que pode fazer nova elevação em outubro, o que pode impactar a tomada de crédito.

O banco suíço reduziu a classificação da Cyrela de “outperform” (equivalente à compra) para neutro e o preço-alvo de R$ 32,00 para R$ 25,00. Já o preço-alvo da ação da Eztec foi reduzido de R$ 44,00 para R$ 30,00, mantendo a recomendação neutro, enquanto o da MRV foi reduzido de R$ 24,00 para R$ 17,00, também mantendo o neutro.

Os preços-alvo da Even (de R$ 15,00 para R$ 12,00), da Miltre (R$ 15,00 para R$ 10,00), da Tenda (de R$ 35,00 para R$ 25,00) e da Direcional (de R$ 19,00 R$ 15,00) foram outros que foram alterados e permaneceram com recomendação neutro. Apenas a Moura tem recomendação “outperform”, mas o preço-alvo passou de R$ 14,00 para R$ 11,00.

Às 12h30 (horário de Brasília), as ações da Cyrela (CYRE3) tinham queda de 3,15%, a R$ 19,68. Os papéis da Eztec (EZTC3 -2,98%) e da MRV (MRVE3 -1,51%) também caíam e estavam entre as maiores perdas do índice.

A visão dos analistas do Credit Suisse é que a relação risco x retorno das empresas ainda está mais inclinada para a desvantagem, uma vez que não há gatilho para os papéis dados os cenários macro e o micro das empresas em tendência de piora.

“Em resumo, preferimos estar fora do setor no momento, embora reconhecemos que o ‘downside’ é mais limitado. Dentro do setor preferimos as empresas de baixa renda frente as de media/alta renda”, afirmaram, em relatório.

No caso da Cyrela, o banco avalia que embora a empresa esteja bem posicionada para enfrentar um cenário mais desafiador, está exposta a uma deterioração do macro e do micro, o que pode prejudicar sua performance.