Credores autorizam Pão de Açúcar a avançar com cisão do Assaí

173

São Paulo – Os credores do Pão de Açúcar aprovaram o plano da empresa para segregar as operações do Assaí em uma empresa independente, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo a companhia, foram obtidas “todas as autorizações prévias necessárias dos seus credores a fim de permitir a implementação da potencial transação de segregação do seu negócio de cash & carry”.

Sob o plano do Pão de Açúcar, o Assaí seria uma empresa de capital aberto listada no Novo Mercado da B3, e as demais operações do grupo continuariam operando sob a estrutura do Grupo Pão de Açúcar (GPA).

A cisão exigiria que o Assaí transferisse ao GPA a participação de 96,5% que hoje detém na Almacenes Éxito. Depois disso, o Assaí seria segregado em uma nova empresa listada na B3 e na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês) via american depositary receipts (ADRs, recibos de ação de empresas estrangeiras negociados na Nyse).

A expectativa é de que, ao final do processo, o grupo Casino detenha no Assaí segregado a mesma fatia que possui hoje no GPA, de 41,3%. A previsão do GPA é de que a operação seja concluída até o primeiro trimestre de 2021.