Credit Suisse eleva preço-alvo e recomenda compra da Suzano

São Paulo – O Credit Suisse elevou o preço-alvo das ações da Suzano de R$ 86,50 para R$ 92 e manteve a recomendação de “outperform” (equivalente à compra).

“Mesmo que vejamos uma reversão de tendência chegando aos mercados de celulose, a recente liquidação traz risco de queda limitado para as ações da Suzano, em nossa opinião, como mesmo com os preços da celulose em média R$550 a tonelada em 2022, sua dívida líquida medida pelo ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ainda estaria em linha com sua média histórica de 7,1 vezes”, disseram os analistas do banco.

Às 16h00 (horário de Brasília) as ações da Suzano (SUZB3) registravam queda de 1,26%, a R$ 61,81.