Consumo de energia no SIN aumenta 2,5% em setembro, a 63.310 MW

208

Por Wilian Miron

São Paulo –

O consumo de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) aumentou 2,5% no mês de setembro, atingindo 63.310 megawatts (MW) médios, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), com base em dados preliminares do boletim InfoMercado.

No mês passado, o consumo de energia no ambiente de contratação regulada (ACR ou mercado cativo) teve crescimento de 2,2%, em base anual de comparação. O ambiente de contratação livre (ACL ou mercado livre) teve aumento de 3,1% na comparação com setembro de 2018.

Estas variações consideram a migração de clientes do mercado cativo para o livre. Desconsiderando o movimento, o ACR teve crescimento de 4,2% e o ACL retração de 1,5%.

O mercado cativo é aquele atendido pelas distribuidoras de energia, onde estão os consumidores residenciais, comerciais, industriais e rurais, serviços de iluminação pública, entre outros.

CONSUMO NA INDÚSTRIA

Em setembro, os segmentos da indústria avaliados pela CCEE que registraram maior crescimento de consumo foram: transporte (24,7%), saneamento (17,6%) e bebidas (16,7%). A expansão desses setores está vinculada à migração dos consumidores para o mercado livre. Ao excluirmos este impacto, destaca-se o crescimento nos ramos de bebidas (7,5%), transporte (5,6%) e alimentícios (3,5%).