Consórcio formado por Itaúsa e Copagaz negociarão por Liquigás

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – A Petrobras começou a fase de negociação direta da venda da Liquigás para o grupo formado por Itaúsa, Copagaz e Nacional Gás Butano. O consórcio fez a melhor oferta vinculante pela distribuidora de gás, segundo comunicado enviado pela estatal à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“O referido grupo foi convidado para participar da fase de negociação dos contratos. A Petrobras divulgará ao mercado as etapas subsequentes da operação”, disse a Petrobras no documento.

Em comunicado ao mercado, a Itaúsa explicou que sua participação na operação se dará mediante investimento acionário na Copagaz, passando a deter participação acionária minoritária e relevante no capital social total e votante da empresa.

A controladora do Itaú disse ainda que as negociações acontecerão nas próximas semanas e as etapas subsequentes da operação serão determinadas pela Petrobras. A depender das negociações, poderá ocorrer uma rodada final do processo competitivo, o qual outros grupos poderão apresentar novas propostas para aquisição da Liquigás.

“A Itaúsa, atenta a oportunidades de alocação eficiente de capital, tem intensificado o processo de avaliação de alternativas de investimento e desinvestimento nos últimos anos, estando a Operação consonante com a estratégia da Itaúsa de gestão do seu portfólio de investimentos com vistas à ampliação de rentabilidade, redução de riscos e criação de valor de longo prazo”, diz a nota.  

Caso a operação seja concluída a seu favor, a Itaúsa ressaltou que não há expectativa de que a compra da Liquigás acarrete efeitos significativos nos seus resultados neste exercício social.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com