Congresso irá blindar pauta econômica, diz Marcelo Ramos

Brasília – O presidente da Comissão Especial que avalia a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019 na Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PR-AM), disse à Agência CMA que os parlamentares da Casa projetam uma blindagem da pauta econômica para “não permitir que essas confusões que o governo cria contaminem a pauta econômica e povo não vire refém de um conflito entre Legislativo e Executivo”, disse.

Ramos explicou que o relator do texto na comissão especial, Samuel Moreira (PSDB-SP) vai apresentar um projeto que “buscará alcançar um consenso maior que garanta os 308 votos e que a Câmara dos Deputados vai blindar a pauta econômica, não permitir que a confusão com o governo Bolsonaro contamine a pauta econômica e por outro lado assumir o protagonismo para a aprovação da matéria”, disse.

Parlamentares impuseram na semana passada a principal derrota do governo Bolsonaro no plenário da Câmara dos Deputados, quando aprovaram um requerimento para a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, com 307 votos da Casa. A sinalização do parlamento, como afirmou Ramos, é de que assuma o protagonismo para o encaminhamento das pautas econômicas.

O desgaste entre Executivo e Legislativo intensificou-se quando o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ‘desmentiu’, na semana passada parlamentares que afirmaram terem presenciado uma ligação entre Jair Bolsonaro e Weintraub, na qual o presidente teria anunciado o fim do contingenciamento na Pasta da Educação. O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), levantou a possibilidade do plenário convocar Lorenzoni para se explicar.

Segundo Ramos, outro projeto, sobre a reestruturação do Estado, vem sendo conversado entre parlamentares e o presidente da Casa, Rodrigo Maia. Sem dar mais detalhes sobre o que trataria o tema, ele disse que seria parte da estratégia da Câmara para tentar não “contaminar” a pauta econômica com as “confusões do governo”.

Álvaro Viana

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com