Congo Airways altera pedido de aeronaves E175 para jatos E190-E2

270
Divulgação: Embraer jato E195-E2

São Paulo – A Embraer informou que a Congo Airways alterou o pedido firme feito em dezembro do ano passado, que previa duas aeronaves E175, com direito de compra de duas unidades adicionais, para dois jatos E190-E2, com direito de compra para mais dois.

Com isso, o novo valor do contrato entre as partes é de US$ 256 milhões, com todos os direitos de compra sendo exercidos. O pedido será incluído na carteira de pedidos (backlog) do segundo trimestre.

A fabricante brasileira disse que a aeronave será configurada com duas classes de serviço, podendo comportar até 96 passageiros, com 12 assentos escalonados na classe executiva. O início das entregas está previsto para o segundo trimestre de 2022.

Este é o segundo pedido de E2 recebido de um cliente africano. Atualmente, há 189 aeronaves da Embraer operando na África, com 54 companhias aéreas e 27 países.