Confiança do setor de serviços sobe pelo quinto mês

170

São Paulo, 29 de setembro de 2020 – O índice de Confiança do setor de Serviços (ICS) subiu pelo quinto mês seguido, em 2,9 pontos em setembro em relação a agosto, a 87,9 pontos, conforme dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Ainda assim, o indicador segue abaixo do período pré-pandemia, em fevereiro, com o ritmo de alta perdendo tração desde julho.

O economista da FGV/IBRE Rodolpho Tabler observa que a confiança do setor mantém a trajetória de recuperação, mas ainda em ritmo desigual entre os segmentos. “Ainda há muita incerteza na sustentabilidade dessa retomada, principalmente por causa da cautela dos consumidores, com a piora do mercado de trabalho e proximidade do fim dos programas de auxílio do governo”, avalia.

A abertura do dado mensal mostra que houve variação positiva da confiança do setor em 11 das 13 atividades pesquisadas e foi determinada pela melhora da avaliação em relação ao futuro, enquanto a visão sobre o presente ficou estável.

Em base mensal, o Indice de Situação Atual (ISA) oscilou em alta de 0,1 ponto, a 76,9 pontos, seguindo abaixo do nível pré-pandemia, enquanto o Indice de Expectativas (IE) cresceu 5,4 pontos, a 98,9 pontos, igualando-se ao nível pré-pandemia, em fevereiro. Já o Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor de serviços ficou estável, após dois meses seguidos de alta, em 81,8%.

A edição deste mês coletou informações de 1.562 empresas entre os dias 1 e 25. A próxima divulgação da sondagem de serviços será em 29 de outubro.