Confiança do setor de serviços sobe pelo quarto mês seguido

110

São Paulo, 28 de agosto de 2020 – O índice de Confiança do setor de Serviços (ICS) subiu pelo quarto mês seguido, em 6,0 pontos em agosto em relação a julho, a 85 pontos, conforme dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador recuperou 90% das perdas sofridas no bimestre entre março e abril, sob impacto da pandemia de coronavírus, mas segue abaixo do nível observado em fevereiro.

Para o economista da FGV/IBRE Rodolpho Tabler, a confiança do setor mantém a trajetória de recuperação, mas a velocidade dessa retomada tem se mostrado mais lenta que nos demais setores da economia. “Alguns segmentos ainda encontram obstáculos e a elevada incerteza dificulta a projeção de um cenário mais otimista no curto prazo”, avalia.

A abertura do dado mensal mostra que houve variação positiva da confiança do setor em 12 das 13 atividades pesquisadas e foi determinada pela melhora da avaliação tanto sobre o presente quanto em relação ao futuro.

Em base mensal, o Indice de Situação Atual (ISA) subiu 5,8 pontos, a 76,8 pontos, seguindo abaixo do nível pré-pandemia, enquanto o Indice de Expectativas (IE) cresceu 6,2 pontos, a 93,5 pontos, no maior nível desde fevereiro. Já o Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor de serviços avançou pelo segundo mês seguido, em 1,3 ponto percentual (pp), a 81,8%, aproximando-se do nível pré-pandemia.

A edição deste mês coletou informações de 1.533 empresas entre os dias 3 e 25. A próxima divulgação da sondagem de serviços será em 29 de setembro.