Comissão de Educação da Câmara recebe ministro da Ciência e Tecnologia nesta quarta

Brasília – Em meio a discussões sobre o corte nos recursos para pesquisa, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, deve participar, nesta quarta-feira, de audiência pública na Comissão de Educação. Conforme a pauta da comissão, a reunião visa “esclarecer a situação dos sistemas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)”.

No final do mês de julho, uma falha no servidor do CNPq derrubou sistemas de suporte à pesquisa no país. A pane durou 14 dias e, na época, o CNPq informou não ter havido perda de dados.

Na semana passada, o Congresso Nacional aprovou um corte de 90% em verbas destinadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), mas que foram divididas com outras pastas, entre elas, Saúde, Educação e Agricultura. De um crédito suplementar de R$ 690 milhões, ciência e tecnologia ficou com R$ 55 milhões.

A mudança no projeto, enviado ao Congresso em agosto, foi solicitada pelo Ministério da Economia, em ofício à Comissão Mista de Orçamento na semana passada, antes da votação pelo plenário.

Em uma manifestação na redes sociais, no último fim de semana, o ministro disse que o corte é “falta de consideração” e cobrou a recomposição do orçamento do MCTI. “Os cortes de recursos sobre o pequeno orçamento de ciência no Brasil são equivocados e ilógicos. Ainda mais quando são feitos sem ouvir a comunidade científica e o setor produtivo. Isso precisa ser corrigido urgentemente”, escreveu o ministro.