Comandante do Irã ameaça Inglaterra, após deter petroleiro do país

Por Carolina Pulice

São Paulo – O comandante da Guarda Revolucionária do Irã, Mohsen Rezai, ameaçou o Reino Unido, exigindo a liberação do navio petroleiro capturado pelo país na manhã de ontem, aumentando as tensões entre o país do Oriente Médio e as nações ocidentais.

“Se a Inglaterra não liberar o petroleiro iraniano, o dever [do Irã] será de responder e capturar um navio inglês”, disse pelo Twitter.

Ontem, o navio Grace 1 foi interceptado no estreito de Gibraltar, território que pertence à Inglaterra. O navio iraniano transportava petróleo para a Síria. O navio foi capturado por conta da sanção imposta pela União Europeia, que proíbe a venda de petróleo para a Síria.

Além disso, os Estados Unidos têm imposto uma série de sanções para interromper as exportações de petróleo iraniano que, segundo o governo norte-americano, são usadas para financiar “o desequilíbrio geopolítico no Oriente Médio”. Com isso, o conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos, John Bolton, comemorou a captura, dizendo que os Estados Unidos e aliados “vão continuar prevenindo que os regimes em Teerã e Damasco lucrem com comércio ilícito”.

A agência de notícias “Reuters” afirmou que a tripulação do navio foi entrevistada nesta manhã como testemunhas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com