China quer muito fazer acordo comercial com EUA, diz Trump

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump / Foto: Divulgação/Casa Branca

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a afirmar que a China quer muito fazer um acordo comercial, pois sua economia tem sido prejudicada, e reiterou que a gigante chinesa de tecnologia Huawei representa risco à segurança norte-americana.

“A China teve seu pior ano em mais de 50 anos, em mais de meio século,
acho que eles querem resolver o problema”, disse Trump a repórteres, na Casa Branca. “Eles querem muito um acordo, eu também quero. Vamos ver o que acontece”, acrescentou.

O presidente reiterou que parte do dinheiro que está recebendo das tarifas à China vai ser destinado a apoiar os agricultores. “Estamos recebendo bilhões de dólares da China”, disse ele. “Os preços não vão subir, a China está pagando por isso”.

Trump disse ainda que “a Organização Mundial do Comércio (OMC) tem sido um desastre para os Estados Unidos”, pois a China tem tirado vantagem de seu país há anos, mas não vai mais fazer isso. Trump criticou ainda a gigante chinesa de tecnologia Huawei. “A Huawei é um risco de segurança nacional. Não vamos fazer negócios com a Huawei”.

Por fim, o presidente norte-americano disse que aprovou o encontro dos senadores republicanos Steve Daines e David Perdue com o negociador-chefe da delegação comercial chinesa e vice-premiê da China, Liu He, ontem em Pequim.