China pediu para retomar negociações sobre comércio, diz Trump

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que oficias da China telefonaram para autoridades norte-americanas na noite de domingo pedindo para retomar as negociações comerciais.

“A China ligou na noite passada para o nosso principal representante e disse ‘vamos voltar a negociar’, por isso voltamos às negociações e acho que eles querem fazer alguma coisa”, disse Trump, em declarações a repórteres na França, durante o encontro do G-7 (grupo composto por Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá).

“Eles foram muito prejudicados, mas entendem que essa é a coisa certa a fazer e eu tenho muito respeito por isso. Este é um acontecimento muito positivo para o mundo”, disse Trump, acrescentando que tem muito respeito pelo presidente da China, Xi Jinping.

“Eu acho que nós vamos ter um acordo, porque agora estamos lidando nos termos apropriados”, acrescentou o presidente.

Ontem, Trump afirmou que estava conversando com a China. “Estamos nos dando muito bem com a China agora, estamos conversando. Eu acho que eles querem fazer um acordo muito mais do que eu. Estou ganhando muito dinheiro em tarifas, chegando aos bilhões. Ele disse ainda que, se quiser, poderia declarar emergência nacional devido ao aumento das tensões com a China.

Antes de partir para o G-7, Trump anunciou que iria aumentar de 25% para 30% as taxas a US$ 250 bilhões em produtos importados da China a partir de primeiro de outubro. Além disso, outros US$ 300 bilhões em produtos serão taxados em 15%, ante previsão anterior de tarifas de 10%, em primeiro de setembro.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com