China aumentará compra de produtos agrícolas de EUA por demanda

119
Porta-voz do Ministério de Comércio da China, Gao Feng. Foto: Divulgação/ Ministério do Comércio da China

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A China confirmou que aumentará as compras de produtos agrícolas dos Estados Unidos, mas não forneceu detalhes adicionais, como a volume das compras, de acordo com o porta-voz do Ministério de Comércio, Gao Feng.

“Na primeira fase do acordo, a China aumentará as importações de produtos agrícolas dos Estados Unidos de acordo com as necessidades domésticas e de acordo com o princípio de comercialização, e os Estados Unidos criarão condições favoráveis ​​para isso. Os detalhes específicos não são revelados no momento”, disse Gao, em coletiva regular de imprensa.

O porta-voz foi questionado se confirmada a declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que a China concordou comprar até US$ 50 bilhões em produtos agrícolas norte-americanos, valor bem acima do que os chineses costumam comprar em um ano.

“A China está disposta a continuar trabalhando com os Estados Unidos para resolver as diferenças entre os dois países no campo econômico e comercial por meio de diálogo e cooperação”, disse.

Ele também não disse quando os dois países vão assinar a primeira fase do acordo. “As equipes de trabalho de ambos os lados estão intensificando as consultas e se esforçando para chegar a um consenso sobre o texto do acordo o mais rápido possível.”

Por fim, Gao reiterou a demanda da China de que todas as tarifas norte-americanas sejam retiradas. “O objetivo final das consultas entre os dois lados é parar a guerra comercial e cancelar todas as tarifas adicionais”, disse. “Esperamos que os dois lados continuem trabalhando juntos para avançar nas negociações, chegar a um acordo por etapas o mais rápido possível e fazer novos progressos na eliminação de tarifas”.