CCR assina aditivos com ANTT por contratos da Nova Dutra e Rio-SP

266

São Paulo – A CCR informou a assinatura de termos aditivos por suas controladas com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aplicação na modicidade tarifária nas concessões da rodovia BR-116 SP/RJ e do Sistema Rodoviário Rio-São Paulo.
A Rodovia Presidente Dutra (Nova Dutra), controlada da CCR e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) assinaram termo aditivo referente à transferência parcial de saldo do excedente tarifário, em crédito a favor do Poder Concedente, para o Contrato de Concessão referente ao Edital de Concessão n03/2021, com a finalidade exclusiva de aplicação na modicidade tarifária em favor dos usuários da rodovia BR-116 SP/RJ.
A companhia também informou a assinatura do 1 Termo Aditivo ao Contrato de Concessão relativo ao Edital de Licitação 003/2021, por sua controlada Concessionaria do Sistema Rodoviário Rio-São Paulo(CCR Rio)e a ANTT, para a promoção do princípio da modicidade tarifária.
A nova concessão da rodovia presidente Dutra (BR-116) passou a valer a partir desta terça-feira (1) no trecho que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. O leilão de operação foi vencido pelo grupo CCR, que vai continuar administrando o trecho por mais 30 anos, agora sob o nome de CCR Rio-SP. Além da Dutra, o projeto também inclui trecho da BR-101, entre a divisa dos dois estados até Ubatuba (SP). A concessão abrange 625,8 km de extensão, atravessando 33 municípios. O governo prevê investimentos de R$ 14,8 bilhões
ao longo do tempo de contrato.