Casos globais de covid-19 passam de 86,5 milhões, diz Johns Hopkins

106
Paciente é levado ao hospital Mount Sinai Nova York / Foto: ONU

São Paulo – O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo ultrapassaram dos 86,5 milhões, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, e agora soma 86.555.947. As mortes globais por covid-19 totalizam 1.871.517.

Nos Estados Unidos, país que possui o maior número de contaminações e de mortes no mundo, as infecções somam 21.052.711. O país reportou 230.216 novos casos da doença em 24 horas, acima do recorde de 180.477 registrados um dia antes. As mortes por covid-19 totalizam 357.390.

Depois dos Estados Unidos, a Índia tem o maior número de infecções provocadas pelo novo coronavírus, com 10.374.932 casos e 150.114 óbitos. O Brasil, que aparece em terceiro lugar em número de casos de covid-19, tem 7.810.400 infectados. As mortes no país totalizam 197.732.

Na Europa, o Reino Unido passou a ter o maior número de casos, totalizando 2.782.706, e 76.428 mortes; seguida pela França, com 2.738.007 infecções e 66.417 mortes, e pela Itália, com 2.181.619 casos e 76.329 óbitos pela doença.

O sistema de contagem da Johns Hopkins compila informações da Organização Mundial da Saúde, do Centro de Controle de Doenças, norte-americano e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças europeu, além de relatos da mídia, departamentos locais de saúde e comunicados online de médicos e outros profissionais da saúde.