Casos globais de covid-19 passam de 259 milhões, diz Johns Hopkins

Foto: Markus Spiske / Pexels

São Paulo – O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo passa de 259 milhões, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins, e agora soma 259.150.041. As mortes globais por covid-19 totalizam 5.171.313.

Nos Estados Unidos, país que possui o maior número de contaminações e de mortes no mundo, as infecções somam 48.002.861 e as mortes por covid-19 totalizam 774.120.

Depois dos Estados Unidos, a Índia tem o maior número de infecções provocadas pelo novo coronavírus, com 34.535.763 casos, e 466.584 óbitos. O Brasil, que aparece em terceiro lugar em número de casos de covid-19, tem 22.030.182 infectados. As mortes no país totalizam 613.066.

O Reino Unido tem o maior número de casos da Europa e o quarto maior do mundo, totalizando 10.028.639 infeções, com 144.728 mortes. A França, por sua vez, tem 7.553.551 infecções e 119.605 óbitos pela doença, seguido pela Espanha, com 5.103.315 casos e 87.866 mortes.

A Alemanha vem em seguida, com 5.541.294 casos e 99.858 mortes. O país, que possui a maior economia da região, enfrenta um de seus momentos mais terríveis da pandemia até agora. Em nota ontem, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que os países da Europa podem atingir a marca de dois milhões de mortes até março de 2022.

O sistema de contagem da Johns Hopkins compila informações da Organização Mundial da Saúde, do Centro de Controle de Doenças norte-americano e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças europeu, além de relatos da mídia, de departamentos locais de saúde e comunicados online de médicos e outros profissionais da saúde.