Casos de covid-19 na China sobem em 55 e desaceleram por segundo dia seguido

Teste para o novo coronavírus / Foto: União Europeia (UE)

São Paulo, 27 de janeiro de 2021 – O número de casos do novo coronavírus de contágio local na China subiu em 55 em 24 horas, marcando o segundo dia seguido de desaceleração, depois de reportar 182 casos no final de semana, de acordo com dados da Comissão Nacional de saúde do país.

Entre as novas infecções, 29 foram reportados na província de Heilongjiang, 14 em Jilin, sete em Hebei, quatro em Pequim e um em Xangai. A comissão registrou ainda 20 casos importados, de pessoas que se contaminaram no exterior, além de 61 casos assintomáticos, 47 deles locais.

Cidades nas províncias de Hebei, Heilongjiang e Jilin construíram temporariamente instalações de quarentena, impuseram medidas de bloqueio a milhões de residentes e realizaram rodadas de testes em toda a cidade. Já Pequim identificou a variante do vírus do Reino Unido, que é mais contagioso.

As autoridades chinesas tem apelado aos cidadãos a não viajarem durante o próximo feriado do Ano Novo Lunar, quando as pessoas constumam visitar seus familiares, para conter a propagação da doença.

Ao todo, a China possui 1.862 casos ativos, 80 deles graves. O número de mortes por covid-19 é de 4.635, e o país já reportou 89.272 casos confirmados em 31 províncias, mostram os dados do governo chinês.