Carga de energia deve crescer 3,2% em 2021 na comparação com 2020, diz ONS

Foto: Alain Schroeder/União Europeia

São Paulo – A carga de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) deve aumentar 3,2%, totalizando 68.939 megawatts (MW) médios, em 2021 em relação ao ano anterior, considerando uma alta do PIB de 3,0%.

O resultado representa um recuo de 0,2 pontos porcentuais em relação ao apontado na projeção anterior, publicada em dezembro de 2020, o que equivale a uma redução de 132 MW médios.

Os dados foram divulgados hoje pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – (CCEE) e pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Nos anos seguintes, o crescimento projetado na comparação anual é de 3,4% em 2022, de 3,6% em 2023, de 3,6% em 2024 e de 3,5% em 2025.