Câmara retomará discussão sobre reformas em julho, diz Maia

186
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia,durante sessão que vai discutir e votar os oito destaques com sugestões de mudanças ao texto-base da proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência.

Brasília – A discussão de reformas econômicas – entre elas a administrativa e tributária – deve ser retomada pela Câmara dos Deputados em julho, ainda que remotamente, disse o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Muitas matérias e debates podem ser feitos, e de forma remota. Temos reuniões de forma remota e isso tem funcionado muito bem aqui no parlamento, na sociedade, acho que esse é um instrumento que veio para ficar; comissões inclusive”, disse.

Ele acrescentou que o auxílio a estados e municípios, de R$ 125 bilhões da União, deve ser pago até 9 de junho. A legislação com o auxílio prevê o congelamento de salários de servidores públicos, exceto os profissionais e servidores civis e militares envolvidos diretamente em atividades de combate ao coronavírus.