Câmara dos Deputados dos EUA inicia sessão de impeachment de Trump

99

São Paulo – A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos está a caminho de aprovar o impeachment do presidente norte-americano, Donald Trump, pela segunda vez em 13 meses, tornando-o o único presidente do país a receber a repreensão duas vezes na história.

Os deputados iniciaram às 11h (de Brasília) a sessão que deve acabar com a votação de artigos de impeachment de Trump. Em seguida pediram um recesso de 15 minutos e, agora, a sessão foi retomada com os discursos de membros da Câmara. A expectativa é de que a votação acontece por volta de 19h (de Brasília) e que o impeachment seja aprovado, desta vez, com apoio bipartidário.

Em dezembro de 2019, todos os republicanos se opuseram à votação na Câmara, argumentando que havia motivação política para o impeachment. Agora, o cenário é outro: alguns republicanos estão se juntando aos democratas ao afirmar que Trump ajudou a desencadear a manifestação que acabou com a invasão do Capitólio na última quarta-feira, deixando pelo menos quatro mortos.

A resolução de impeachment de hoje inclui um artigo sobre incitação à insurreição, que será debatido no plenário da Câmara. Os autores da resolução afirmam que já têm os votos para aprová-la.

Ontem, Trump criticou a tentativa de impugná-lo pela segunda vez, defendendo o discurso que fez para seus partidários na semana passada, quando pediu que fossem ao Capitólio, onde o Congresso certificava a vitória de Joe Biden nas eleições de novembro. Uma multidão invadiu o prédio, forçando o vice-presidente Pence, legisladores e funcionários a buscar abrigo.