Cade revoga suspensão de parceria entre Cielo e Facebook

174
Foto divulgação: Cielo

São Paulo – A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) revogou a medida cautelar que suspendia os efeitos do acordo entre Facebook e Cielo, para pagamento via WhatsApp, por entender que inexistem evidências que fundamentem a decisão para imposição da medida.

No entanto, o órgão antitruste continuará apurando a operação com o intuito de verificar se esta configura ato de concentração passível de notificação obrigatória. A operação, por sua vez, permanece suspensa depende de análise do Banco Central (BC).

Na semana passada, o Cade havia suspendido a operação entre Cielo e Facebook por entender que a adquirente possui elevada participação no mercado nacional de adquirência, enquanto o WhatsApp possui uma base de milhões de usuários no Brasil, o que pode garantir na sua entrada um poder de mercado significante.

Para o BC, o objetivo da suspensão é preservar um adequado ambiente competitivo e que “assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido seguro, transparente e barato”.