BTG Pactual dobra cobertura de small caps de cinco para dez companhia

226

São Paulo – O BTG Pactual aumentou sua carteira recomendada de Small Caps de cinco para dez ações, conforme o número de opções de ações desse tipo listadas aumentaram significativamente nos últimos dois anos, disse a instituição, em relatório.

“Acreditamos que ao aumentar o número de ações que oferecemos aos nossos clientes de uma forma mais diversificada e abrangente portfólio”, disseram os analistas Carlos Sequeira e Osni Carfi.

As recém-chegadas são Santos Brasil, Intelbras, Alupar e Banco ABC, enquanto Minerva, Desktop, Locaweb, Sinqia, 3R Petroleum e Blau mantêm suas posições. Já Simpar, CBA, Omega e Iguatemi foram retiradas.

Segundo o BTG, no mês de Junho, a carteira BTG SMLL apresentou uma performance de -12,4%, contra uma performance de -16,3% do índice SMLL e de -11,5% do IBOV. Desde julho de 2010, a carteira acumula uma rentabilidade de 2.037,8%, contra 67,1% do SMLL e 61,7% do IBOV.

SLC Agrícola substitui Isa CTEEP na carteira de dividendos 

Com a chegada do mês de julho, o BTG Pactual divulgou hoje sua Carteira Recomendada de Dividendos com dez ações de companhias que remuneram seus acionistas acima da média do mercado de forma recorrente.

O material destacou que o Ibovespa (IBOV) sofreu uma grande correção em junho, caindo 11,5% em reais e 19,4% em dólares, desempenho fortemente abaixo do S&P500 (-8,4%) e assim chegando a um ótimo ponto de entrada, dado o seu valuation descontado.

A corretora lembrou que as ações locais (Petrobras e Vale) estão sendo negociadas a 8,4x P/L projetado de 12 meses, ou 6,9x com Petrobras e Vale, e o prêmio para manter ações, medido como o inverso do P/L menos as taxas de juros reais de 10 anos, é de 6,0%, o maior em 12 anos.

“Enquanto os juros reais de longo prazo subiram em junho e encerraram o mês em alta de 5,9%, acima dos 5,7% de maio, os valuations parecem atraentes”, explica o relatório.

A carteira traz apenas uma mudança em comparação ao mês de junho. Entrou a SLC Agrícola e saiu a ISA CTEEP – Transmissão Paulista (TRPL). Como justificativa, o BTG disse que preferiu não indicar duas ações de empresas do segmento de transmissão de energia. Diante disso, a Alupar manteve sua posição de compra. Além dela, a carteira também conta com Bradesco, Itaú Unibanco, Cyrela, Energisa, Telefônica, Sabesp, SLC Agrícola, Banco do Brasil e Vale.

Por fim, os analistas lembraram que, em junho, a Carteira Recomendada de Dividendos teve uma performance de -10,30%, contra -8,38% do IDIV e -11,50% do IBOV. Desde o dia 8 de novembro de 2019, a Carteira Recomendada de Dividendos do BTG acumula uma rentabilidade de +16,55%, contra +8,50% do IDIV e -8,44% do IBOV.

Com Emerson Lopes / Agência CMA.