Brasil tem menor média de mortes por covid-19 desde 10 de março

Militares passam por avaliação de saúde e prevenção contra a Covid19 no Navio Auxiliar Pará. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

São Paulo – A média de sete dias de novos casos de covid-19 no Brasil está oscilando entre 55 mil e 66 mil casos desde o final de abril, mas a média de mortes provocadas pela doença passou por um declínio acentuado no mesmo período – de cerca de 2.500 para 1.639 no último domingo, o menor nível desde 10 de março -, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

O resultado reflete principalmente os efeitos do avanço da campanha de vacinação contra a doença no país – atualmente, cerca de 10% da população brasileira já tomou as duas doses das vacinas disponíveis por aqui e, portanto, está imunizado contra a doença. No inicio de março, este índice era muito menor – cerca de 1,5%.

gráfico com número de novos casos de covid-19 e de mortes causadas pela doença
Dados: Ministério da Saúde/Agência CMA

Apesar da queda no índice de mortes provocadas pela covid-19, metade dos estados e o Distrito Federal reportam taxas de ocupação de leitos de UTI superiores a 80% – nível considerado crítico e antecessor de um colapso no atendimento à população – por causa da covid-19, confirmando que a doença continua se espalhando rapidamente e que ainda pode haver aumento de mortes por infecção de pessoas não vacinadas e por eventuais dificuldades de internação da população atingida mais severamente pelo vírus.

No domingo, o Brasil registrou queda de 0,9% na média móvel de sete dias de novos casos de covid-19 em relação ao dia anterior, para 61.706, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde. A média móvel de mortes caiu 0,0%, para 1.639. Em relação ao mesmo dia da semana passada, a média de novos casos cresceu 0,0%, enquanto a de mortes caiu 10,8%.

A média móvel é um indicador mais adequado para avaliar o comportamento da pandemia de covid-19 porque aos finais de semana o número de notificações de casos e o de mortes tendem a cair por questões não relacionadas ao surto da doença – fechamento de unidades de saúde, por exemplo.

Considerando apenas os dados do último domingo, os novos casos somaram 39.637 – o que eleva o total de brasileiros contaminados pela doença desde o início da pandemia a 16,9 milhões. O número de novas mortes provocadas pela covid-19 foi de 873, colocando o total de mortes decorrentes da doença em 473,4 mil.