Brasil não quer renegociar acordo comercial com UE, diz Araújo

O ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e o deputado Eduardo Bolsonaro durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados

São Paulo – O Brasil está disposto a reafirmar os compromissos ambientais com a Europa para garantir a aprovação do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, mas não quer renegociar o acordo nesta área, porque isso exigiria mudanças nos demais termos, disse o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, durante um evento promovido pelo Conselho das Américas.

Segundo ele, o Brasil está discutindo a questão climática com a União Europeia e o acordo comercial com o Mercosul já tem vários instrumentos que estão sendo aplicados para a proteção ambiental,

“Percebemos que o lado europeu quer ver, digamos, uma reafirmação destes compromissos. Não queremos reabrir o acordo porque teríamos de renegociar tudo. Estamos abertos com qualquer parceiro para mostrar que já muita desinformação sobre o ambiente no Brasil, sobre a agricultura, a conexão entre agricultura e desmatamento no Brasil”, disse Araújo.

Ele afirmou que o desmatamento da floresta por produtores agrícolas “é basicamente inexistente” e que “há desmatamento ilegal que está sendo combatido, mas não há incentivo”.