Bradesco BBI inicia cobertura da Cyrela e ação sobe mais de 11%

Foto divulgação: USP Imagens

São Paulo – O Bradesco BBI iniciou a cobertura para a Cyrela a destacando como “Top Pick” (escolha favorita) entre as incorporadoras de média e alta renda, recomendação “outperform” (equivalente à compra) e preço-alvo das ações de R$ 28 para 2022, ou potencial alta de 54% em relação ao fechamento de ontem (23).

Para os analistas do BBI, a visão sobre a Cyrela é justificada pelo momento positivo dos lucros da empresa, que devem entregar 15% do ROE (retorno médio antes de imposto sobre o patrimônio líquido, na sigla em inglês) neste ano.

Outro ponto destacado é a diversificação do segmento, combinando a estabilidade da demanda do segmento de baixa renda e o crescimento do seguimento médio, além da forte liquidez das ações.

“A Cyrela é um dos players de renda média e alta mais baratos do Brasil, apesar de ser a ação mais líquida e um dos melhores históricos de execução”, disse o BBI.

Às 16h30 (horário de Brasília) as ações da Cyrela (CYRE3) registravam a maior alta do dia do Ibovespa, com 11,77%, a R$ 20,31.

Além da Cyrela, outras empresas do setor de construção e incorporadoras também apresentam alta. Os papéis da MRV (MRVE3) subiam 6,88%, a R$ 13,35. As ações da Iguatemi (IGTA3) registravam alta de 2,28%, a R$ 36,74.