Bolsonaro diz que ideal para redução no preço de combustíveis é “o dólar baixar”

196
O presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a solenidade de posse dos ministros da Justiça e Segurança Pública; e da Advocacia-Geral da União no Palácio do Planalto. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Brasília – O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou há pouco durante o lançamento do Portal Participa + Brasil, uma plataforma digital que incentiva o processo de participação da população nas ações governamentais, que o ideal para a redução do preço dos combustíveis é uma redução do dólar, que depende “mas abaixa com o Parlamento em grande parte colaborando na votação de projetos que possam realmente mostrar que nós temos responsabilidade”, afirmou.

A afirmação do presidente vem no mesmo dia em que a Petrobras anunciou um aumento nos preços médios de venda da gasolina, diesel e GLP aos distribuidores, que passam a vigorar nesta terça-feira (9). “Nós resolveremos sim e grande parte a questão dos combustíveis que estão atrelados ao preço, é o preço do barril lá fora e o preço do dólar aqui dentro. A missão difícil mas por ter vocês juntos nessa empreitada eu fico feliz e confiante”, disse aos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco e da Câmara dos Deputados , Arthur Lira.

O presidente voltou a afirmar “jamais faremos qualquer intervenção estatal” ou tabelamento de preços pela estatal.