BofA reduz recomendação da Suzano de compra para neutro

São Paulo – O Bank of America (BofA) reduziu a recomendação para as ações da Suzano de compra para neutro (equivalente à manutenção) ao não ver novos catalisadores para o setor no momento. No entanto, manteve a recomendação de compra para a Klabin.

Às 12h18 (horário de Brasília), as ações da Suzano (SUZB3) tinham queda de 1,77%, a R$ 58,66, e estavam entre as maiores quedas do Ibovespa. Já as ações da Klabin (KLBN11 + 0,11%) tinham leve alta.

Segundo os analistas do banco, os últimos eventos relacionados à Suzano não trouxeram grandes novidades e a expectativa, após picos dos preços de celulose em abril, é que eles permaneçam estáveis na China no momento.

“O cenário macro também não está ajudando. O real tem ficado mais forte do que o esperado enquanto os esforços recentes da China para restringir especulações seguraram os preços de futuros de celulose”, disseram ainda em
relatório.

Já a Klabin, a favorita do banco na cobertura de papel e celulose na América Latina, teve a recomendação mantida em compra diante de fatores como tendências de demanda nacionais e globais fortes para o papel cartão. Além disso, os analistas consideram a avaliação de que ocorrerá uma queda gradual (não abrupta) do preço da celulose, o que deve fazer com que as ações fiquem estáveis.