BofA mostra otimismo com geração de energia e recomenda Engie Brasil

Foto divulgação: Engie Brasil

São Paulo – Em relatório, o Bank of America (BofA) apontou recomendação de compra para os papéis da Engie Brasil considerando uma visão construtiva para o setor de geração de energia no Brasil, baseada no desempenho superior ao do setor de distribuição no acumulado do ano passado, segundo a análise.

“Em nossa opinião, esse desempenho superior estava mais relacionado à percepção de risco crescente em distribuição de energia, em vez de perspectiva mais construtiva para geração. Na verdade, a hidrologia do Brasil continua decepcionante à medida que nos aproximamos do final do período chuvoso, apontando para mais um ano de revisões para baixo das estimativas devido ao déficit hídrico (GSF)”, disseram Arthur Pereira, Murilo Freiberger e Gustavo Faria.

Segundo a análise, especialistas do setor ouvidos pela casa compartilharam uma visão mais pessimista para as operações de curto prazo, mas se mostraram otimistas sobre os preços de energia a longo prazo.

Em relação à Engie Brasil, o relatório destaca a estratégia de desinvestimento em geração térmica, com a venda da usina a carvão Jorge Lacerda, que poderia ser concluída em curto prazo, e da térmica Pampa Sul em 2022, e o crescimento em renováveis e redes.