Biden pede ao Congresso que estenda moratória sobre despejos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – O presidente norte-americano, Joe Biden, pediu ao Congresso que prorrogue a moratória sobre os despejos que foi instituída por conta da pandemia de covid-19, argumentando que muitos locatários ainda enfrentam dificuldades financeiras e aqueles que são expulsos de suas casas podem enfrentar risco elevado de infecção.

“O presidente apela ao Congresso para estender a moratória de despejo para proteger esses inquilinos vulneráveis ​​e suas famílias sem demora”, diz a Casa Branca em comunicado.

A moratória em vigor vence no próximo dia 31. Segundo a nota, Biden pediu aos departamentos de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Agricultura e Assuntos de Veteranos que prorrogassem suas respectivas moratórias de despejo até o final de setembro, indicando que o Congresso provavelmente daria uma prorrogação mínima de dois meses.

A Casa Branca observou que, por quase 11 meses, a moratória de despejo emitida pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), serviu como uma barreira crítica para prevenir locatários pressionados e suas famílias que perderam empregos ou renda devido às medidas restritivas para combater a pandemia.

Segundo comunicado, o CDC não pode estender esse privilégio sem a aprovação do Congresso devido a uma ordem da Suprema Corte.