Biden diz que Estados Unidos apoiarão Ucrânia ‘pelo tempo que for necessário’

265
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Campanha Joe Biden

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que os Estados Unidos apoiarão a Ucrânia pelo “tempo que for necessário” para garantir que o país não seja derrotado pela Rússia.

“Os Estados Unidos estão reunindo o mundo para apoiar a Ucrânia”, disse Biden em pronunciamento no último dia da Cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em Madri. “O tempo que for necessário”, acrescentou o presidente.

Biden ainda disse que os Estados Unidos anunciarão em breve um novo pacote de ajuda militar de US$ 800 milhões para a Ucrânia, elevando o total desde que ele assumiu o cargo para quase US$ 7 bilhões.

Segundo o presidente norte-americano, a ajuda, que será anunciada nos próximos dias, incluirá sistema avançado de defesa aérea e apoio de artilharia à medida que a Ucrânia continua a enfrentar uma ofensiva russa na região oriental do Donbass.

A Cúpula da Otan em Madri tem como resultado o acordo de um novo quadro estratégico que se concentra na “ameaça direta” da Rússia e, pela primeira vez, reconheceu os “desafios” colocados pelo que os líderes descreveram como “políticas coercitivas” da China.

Durante o evento, Biden procurou afastar a sugestão de que, à luz de uma série de questões domésticas – violência armada, inflação e a reversão dos direitos ao aborto, de que ele não cumpriu sua promessa de reafirmar a liderança de Washington no cenário internacional.

“A América está melhor posicionada para liderar o mundo do que jamais esteve”, disse ele.