Biden desencoraja imigrantes em potencial a irem aos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo — O presidente norte-americano, Joe Biden, desencorajou imigrantes em potencial a irem para os Estados Unidos enquanto sua administração luta para lidar com uma onda de crianças que chegam desacompanhadas ao país.

“Posso dizer claramente: não venham”, disse Biden em entrevista ontem à noite à rede de televisão “ABC”. “Estamos desenvolvendo agora um novo processo de imigração, não saia de sua cidade, cidade ou comunidade por enquanto.”

Houve um grande aumento no número de crianças migrantes sob custódia dos Estados Unidos. Mais de 4 mil estão sob custódia da Patrulha de Fronteira, o que fez os recursos federais para abrigos aumentarem.

Os republicanos afirmam que as medidas de Biden para rescindir as duras políticas de imigração do ex-presidente Donald Trump encorajaram os migrantes a vir para os Estados Unidos, mas Biden disse que “estamos mandando de volta pessoas” que cruzam a fronteira.

Ao ser questionado se não teria sido um erro não antecipar essa onda de imigrantes, Biden respondeu que “em primeiro lugar, houve um aumento repentino nos últimos dois anos. Em 2019 e 2020, também houveram ondas repentinas.”