Biden defende ampla agenda econômica em primeiro discurso ao Congresso

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, apresentou ontem à noite, em seu primeiro discurso em uma sessão conjunta do Congresso do país desde que assumiu o cargo, um pacote de US$ 1,8 trilhão com propostas voltadas para famílias, que incluem melhorias em acesso a creches, educação e licenças familiares remuneradas.

“O resto do mundo não está esperando por nós. Não fazer nada não é uma opção”, disse Biden, acrescentando que para vencer a competição pelo futuro, são necessários investimentos nas famílias. “É por isso que estou apresentando o Plano das Famílias esta noite, que aborda quatro dos maiores desafios que as famílias americanas enfrentam hoje. Primeiro, acesso a uma boa educação”.

Segundo ele, o plano garante quatro anos adicionais de educação pública para todos, com dois anos a mis de pré-escola universal de alta qualidade para crianças de três e quatro anos. Em segundo lugar, fornecerá acesso a creches de qualidade a preços acessíveis.

“Garantimos que famílias de baixa e média renda não pagarão mais do que 7% de sua renda por cuidados de qualidade para crianças de até cinco anos de idade. As famílias trabalhadoras mais pressionadas não terão que gastar um centavo”, afirmou.

Além disso, o plano fornecerá até 12 semanas de licença familiar e médica remunerada, e colocará dinheiro diretamente no bolso de milhões de famílias, com a ampliação do crédito tributário para cada criança, que segundo Biden será estendido pelo menos até o final de 2025.

“Até US$ 3 mil em crédito de imposto infantil para crianças maiores de seis anos e US$ 3,6 mil para crianças menores de seis anos. Com dois pais e dois filhos, você tem até US$ 7,2 mil no bolso para ajudar a cuidar de sua família. Isso ajudará mais de 65 milhões de crianças e ajudará a reduzir a pobreza infantil pela metade neste ano”, disse ele.

O plano também reduz os prêmios de saúde para 9 milhões de norte-americanos que compraram sua cobertura sob a lei de saúde Affordable Care Act, além de reduzir franquias para famílias trabalhadoras e reduzir os custos com medicamentos prescritos. “A pandemia demonstrou o quanto é necessário”.

No discurso ao Congresso, Biden destacou os esforços do governo para combater a pandemia, com avanços no processo de vacinação e impulsionou outros pontos de sua agenda econômica, como o pacote de infraestrutura de US$ 2,3 trilhões que inclui novos gastos em pontes, estradas e internet banda larga.

Para pagar pelos gastos, Biden aumentará impostos sobre a renda e ganhos de capital; elevará o imposto sobre empresas e será apoiado apoiados por um Serviço Fiscal Interno expandido para auditar e arrecadar mais dinheiro.

“Não vou impor nenhum aumento de impostos às pessoas que ganham menos de US$ 400 mil por ano. É hora de os Estados Unidos corporativo e o 1% mais rico dos norte-americanos pagarem sua parte justa”, disse ele.

“A América está se movendo. Seguindo em frente. E não podemos parar agora. Estamos em uma competição com a China e outros países para vencer o século XXI”, disse. “Após 100 dias de resgate e renovação, a América está pronta para a decolagem”.

Biden disse que suas propostas avançam ainda em política externa que beneficie a classe média. “Isso significa garantir que todas as nações sigam as mesmas regras da economia global, incluindo a China. Em minha conversa com o presidente Xi, disse-lhe que saudamos a competição – e que não estamos procurando conflito. Mas deixei absolutamente claro que defenderei os interesses americanos de maneira geral”.

O presidente também pediu unidade contra as ameaças de países autocráticos que “olham para as imagens da multidão que assaltou este Capitólio como prova de que o sol está se pondo sobre a democracia norte-americana”. “Eles estão errados. E temos que provar que estão errados. Temos que provar que a democracia ainda funciona”.

Com relação à Rússia, ele disse ter deixado claro ao presidente Vladimir Putin que, embora não busquemos uma escalada, suas ações têm consequências. “Eu respondi de forma direta e proporcional à interferência da Rússia em nossas eleições e ataques cibernéticos ao nosso governo e empresas – e eles fizeram as duas coisas e eu respondi”.

Biden disse ainda que os programas nucleares do Irã e da Coreia do Norte ” representam uma séria ameaça à segurança dos Estados Unidos e do mundo”, e que o país trabalha em colaboração com aliados para enfrentar as ameaças “por meio da diplomacia e da forte dissuasão”.

Por fim, ele apelou pelo apoio bipartidário a propostas necessárias ao país e pediu ao Congresso que “acabe com nossa guerra exaustiva sobre a imigração”, pressionando por mudanças nas leis sobre o tema. Biden pediu ainda aos legisladores que aprovassem um projeto de lei de policiamento em homenagem a George Floyd, homem negro morto por policiais brancos.