Biden defende a contagem de cada voto até o final e pede paciência

134
O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Campanha Joe Biden

São Paulo – O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos Joe Biden defendeu a contagem de votos em um processo eleitoral demorado no país, já que uma parcela significativa de eleitores optou pelo voto por correios para evitar aglomerações por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Defendo que cada voto seja contando até o final. Peço paciência para as pessoas, o processo de contagem está acabando e quando chegar ao final, tenho certeza de que eu e Kamala Harris Seremos eleitos”, afirmou ele em um breve pronunciamento televisionado, acrescentando que a democracia pode ser um pouco confusa.

A declaração de Biden acontece depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, tentou barrar a contagem de votos ausentes na justiça, mas teve seus pedidos negados sob o argumento de falta de provas.

Antes mesmo da eleição, Trump já havia afirmado que entraria na justiça sob a alegação de fraude em estados nos quais fosse derrotado pelo democrata.