Biden anuncia indicação de 11 candidatos a juízes e destaca diversidade

Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou que vai indicar 10 pessoas para os cargos de juízes do Circuito Federal e do Tribunal Distrital, e uma pessoa para o cargo de juiz do Tribunal Superior para o Distrito de Columbia, em sua primeira lista de indicações judiciais.

Biden indicará Ketanji Brown para o cargo de juíza no Tribunal de Apelações dos Estados Unidos para o Circuito do Distrito de Columbia. O posto era antes ocupado pelo juíz Merrick Garland, que agora é o procurador-geral do país, que chefia o Departamento de Justiça.

Outras indicações incluem Tiffany Cunningham para o Tribunal de Apelações do país para o Circuito Federal e Candace Jackson-Akiwumi para o Sétimo Circuito.

Segundo a Casa Branca, em comunicado, os indicados são advogados que se destacaram na área jurídica em uma ampla variedade de cargos, incluindo juristas renomados, defensores públicos, promotores, no setor privado, nas forças armadas e como servidores públicos em todos os níveis de governo.

A lista inclui ainda três mulheres afro-americanas, bem como candidatas que, se confirmadas, seriam a primeira juíza federal muçulmana norte-americana na história do país, a primeira mulher asiática-americana no Distrito de Columbia e a primeira mulher negra no Distrito de Maryland, diz a Casa Branca.

“Esta lista pioneira de nomeados vem das melhores e mais brilhantes mentes da profissão jurídica norte-americana. Cada um está profundamente qualificado e preparado para oferecer justiça fielmente de acordo com nossa Constituição e imparcialmente ao povo norte-americano – e juntos eles representam a ampla diversidade de antecedentes, experiências e perspectivas que tornam nossa nação forte”, segundo Biden.

Os indicados a cargos de juízes devem ser confirmados pelo Senado, onde os democratas detêm uma estreita maioria de 50-50, com a vice-presidente Kamala Harris servindo como voto de desempate.