Beneficiários do INSS terão reajuste de 4,48%

133
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

São Paulo – O Ministério da Economia informou que os benefícios pegos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) serão reajustados em 4,48% a partir de 1o de janeiro, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Para os benefícios majorados por força da elevação do salário mínimo para R$ 1.039,00, o aumento deverá ser descontado quando da aplicação do reajuste. A iniciativa também atinge pensões especiais pagas às vítimas da síndrome da talidomida, hanseníase e ao auxílio especial mensal.

A partir de janeiro de 2020, o salário de benefício e o salário de contribuição não poderão ser inferiores a R$ 1.039,00, nem superiores a R$ 6.101,06.