BCE mantém juros e alonga previsão de estabilidade da taxa

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O Banco Central Europeu (BCE) manteve a taxa básica de juros em zero, a taxa de depósitos em -0,4% ao ano e a taxa da linha mantida com bancos comerciais para concessão de liquidez de curto prazo em 0,25% ao ano. O banco também passou a esperar que as taxas de juros sejam elevadas em 2020, ante previsão anterior de alta no final de 2019.

“O Conselho espera que as taxas de juros de referência do BCE permaneçam nos níveis atuais pelo menos até ao primeiro semestre de 2020 e, em qualquer caso, durante o tempo necessário para garantir a convergência sustentada da inflação para níveis abaixo, mas próximos de 2% no médio prazo”, diz o comunicado.

O BCE também continuará reinvestindo o valor principal dos títulos que atingirem o vencimento por um extenso período de tempo após a primeira alta nos juros.

Por fim, a instituição anunciou os termos da terceira rodada de operações direcionadas de refinanciamento de longo prazo (TLTROs, na sigla em inglês). O programa tem como objetivo oferecer financiamento barato a bancos que aumentarem o volume de empréstimos.

Sob as operações da nova TLTRO, a taxa de juros será 0,1 ponto percentual (pp) acima da taxa básica de juros da zona do euro – atualmente em zero. Isso significa que, no momento, a taxa seria de 0,1% ao ano.

Para os bancos cujo volume líquido de empréstimos superar o índice de referência usados pelo Banco Central Europeu (BCE), a taxa será menor – podendo ser equivalente à média da taxa de depósitos do BCE, que atualmente está em -0,4%, acrescida de 0,1 ponto porcentual.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com