Base florestal segue inatingida por queimadas na Amazônia, diz Suzano

Por Leandro Tavares

São Paulo – A Suzano disse que a sua base florestal, composta por 1,3 milhão de hectares de eucaliptos para o suprimento da madeira e mais 900 mil hectares de áreas nativas para preservação não têm sido impactadas pelas queimadas na Amazônia.

A empresa ressaltou que tem um vasto e permanente sistema de proteção e monitoramento de suas áreas, bem como um mecanismo eficiente de combate na eventualidade de ocorrência de foco de incêndio.

“O compromisso da empresa em preservar a vida, também a partir da conservação da mata nativa, reflete as práticas que norteiam todas as decisões tomadas pela companhia. Assim, torna-se oportuno afirmar que defendemos a preservação do bioma amazônico, assim como defendemos também a proteção dos demais biomas, da biodiversidade e da população que vive nesses locais”, diz a nota.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com