Banco toma providências sobre publicidade após decisão do TCU

440
Foto divulgação: Banco do Brasil

São Paulo – Após polêmica sobre sua publicidade, o Banco do Brasil disse que já adotou as medidas necessárias à suspensão da veiculação e publicidade nos sites, blogs, portais e redes sociais diante da decisão proferida pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Há alguns dias o banco estatal foi acusado de financiar, por meio de publicidade, um site de disseminação de notícias falsas em favor do presidente Jair Bolsonaro. Após a denúncia, a instituição pediu para retirar seus anúncios daquele site, mas voltou atrás após análise de seus órgãos internos.

Depois disso, o Banco do Brasil informou ao mercado na última semana de maio que fará um estudo interno para aprimorar os critérios para exibição da marca em veículos digitais e que suas diretrizes vedam qualquer exposição em páginas que veiculam conteúdo ilegal ou que evidenciem preconceito ou discriminação.