Banco do Brasil aprova a incorporação da Bescval e direito de recesso

201
Foto divulgação: Banco do Brasil

São Paulo – Os acionistas do Banco do Brasil e da sua controlada Bescval aprovaram a incorporação da empresa pelo banco, em assembleias realizadas em 9 de dezembro, e que, em decorrência da aprovação, os acionistas minoritários da incorporada receberão ações do banco com base na relação de substituição de uma ação ON de emissão do BB para 90.994,324415154 ações ON de emissão da Bescval.

O comunicado informa que a incorporação da Bescval pelo BB também enseja a possibilidade do exercício do direito de recesso para os acionistas minoritários da incorporada até 29 de janeiro de 2021, sendo limitado aos acionistas inscritos nos registros da Bescval no final do dia 9 de novembro de 2020, e não poderá ser exercido em relação às ações adquiridas posteriormente.

O valor de reembolso para os acionistas dissidentes é de R$ 0,0006077429 por ação da Bescval, definido pelo valor do patrimônio líquido contábil da incorporada.