Banco central da Turquia mantém juros em 10,25%, em meio a queda da lira

192
Foto: freeimages.com

São Paulo – O banco central da Turquia manteve a taxa referencial de juros do país, a das operações de recompra de uma semana, inalterada em 10,25%, cirando altas na taxa de inflação, em meio a fortes quedas da lira ante o dólar.

O banco central anunciou também o aumento da margem entre a taxa de liquidez tardia e a taxa de empréstimo overnight para 3 pontos percentuais (pp), de 1,5 pp.

“O comitê decidiu manter a taxa básica de juros inalterada, ao mesmo tempo em que aumenta a flexibilidade na gestão da liquidez e dá continuidade às medidas de liquidez até que as perspectivas para a inflação apresentem melhora significativa”, diz o banco.

“Como resultado da rápida recuperação econômica com forte dinamismo do crédito e da evolução do mercado financeiro, a inflação seguiu um caminho acima do previsto”.

Segundo o BC turco, “o restabelecimento do processo de desinflação é um fator-chave para alcançar menor risco soberano, menores taxas de juros de longo prazo e maior recuperação econômica”, e assim a posição de política monetária deve ser mantida cautelosa.

O banco central reiterou que “continuará a usar todos os instrumentos disponíveis para alcançar os objetivos de estabilidade de preços e estabilidade financeira”.

Após o anúncio, a lira turca caiu quase 2% ante o dólar, para 7,9207, alcançando seu menor nível histórico. Segundo analistas do Société Générale, a lira depreciou cerca de 25% no acumulado do ano em relação ao dólar.