Banco central da Rússia reduz taxa de juros de 7,0% para 6,5%

138
Rússia Banco Central moeda rublo
Foto: Divulgação/ Banco Central da Rússia

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O banco central da Rússia cortou a taxa básica de juros do país de 7% para 6,5%, citando a desaceleração da economia do país, afetada pelo menor crescimento global, e sinalizando que novos cortes podem vir nas próximas reuniões.

“A taxa de crescimento da economia russa ainda permanece moderada. Os
riscos de uma desaceleração econômica global substancial persistem”, diz o
banco. A instituição manteve inalterada sua previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2019 na faixa entre 0,8% e 1,3%.

Com relação à inflação, a taxa caiu de 4,3% em agosto em base anual para 4,0% em setembro, e as expectativas continuam em queda. “Os riscos desinflacionários excedem os riscos pró-inflacionários no horizonte de curto prazo”, segundo o banco.

“Se a situação se desenvolver de acordo com a previsão da linha de base,
o Banco da Rússia considerará a necessidade de uma redução adicional das
taxas-chave em uma das próximas reuniões do Conselho de Administração”.

Por fim, o banco disse que suas decisões de política monetária levarão em consideração a dinâmica de inflação real e esperada, os acontecimentos econômicos no horizonte de previsão e os riscos decorrentes das condições domésticas e externas, além da reação dos mercados financeiros.