Banco central da China mantém por 12o mês taxa de juro de referência em 3,85%

Foto: Freeimages.com/ Gary Tamin

São Paulo – O Banco do Povo da China (Pboc, o banco central do país) manteve a taxa de juros de referência para empréstimos no país em 3,85% pelo décimo segundo mês consecutivo, de acordo com comunicado da instituição.

A taxa de referência de um ano para o crédito (LPR, na sigla em inglês) registrou sua última variação em abril, quando o banco central reduziu de 4,05% nos meses de fevereiro e março. A LPR para cinco anos também não sofreu alterações e ficou em 4,65%.

A taxa, estabelecida em agosto de 2019, é calculada a partir das contribuições para preços de vários bancos – incluindo pequenos credores que tendem a ter maiores custos de financiamento e maior exposição a empréstimos inadimplentes – e visa a reduzir os custos de empréstimos e apoiar a “economia real”.

Segundo o economista da Capital Economics, Julian Evans-Pritchard, a LPR permaneceu inalterada na medida em que o banco central da China depende de outras ferramentas de política.

“Os bancos comerciais deixaram a LPR inalterada hoje. Dado que os esforços oficiais para controlar o crédito estão sendo alcançados por outros meios, não esperamos nenhuma alteração nas taxas de juros nos próximos meses”, disse.