Azul revisa projeção de queima de caixa média para R$ 1,5 milhão por dia

A projeção anunciada em outubro era de queima de caixa diária de R$ 2,5 milhões

114
Foto divulgação: Azul Linhas Aéreas

São Paulo – A Azul revisou novamente suas projeções para o quarto trimestre e agora estima uma queima de caixa média de aproximadamente R$ 1,5 milhão por dia no intervalo, ante R$ 2,5 milhões por dia divulgadas em outubro, sem amortizações significativas de dívidas como resultado de negociações em andamento com seus parceiros financeiros, disse a companhia, em fato relevante.

Segundo a companhia aérea, a nova estimativa de consumo de caixa considera entradas de caixa proveniente de vendas, todas as renegociações de despesas operacionais e inclui pagamentos de arrendamento e de juros, e não considera o capital proveniente da recente emissão de debêntures conversíveis. Além disso, a companhia estima um pagamento referente a arrendamentos operacionais de aproximadamente R$ 324 milhões no mesmo período.

Até o final deste ano, a companhia espera atingir aproximadamente capacidade total e doméstica de aproximadamente 70% e 80% dos assentos-quilômetros oferecidos (ASK) – número de poltronas disponíveis multiplicado pela distância de cada voo de 2019. Em termos de malha, até dezembro, espera voar para 113 destinos, uma recuperação quase completa em comparação aos 116 destinos atendidos antes da crise.