Atividade na indústria da China desacelera em dezembro, diz Caixin

124

São Paulo, 4 de janeiro de 2021 – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da China caiu para 53,0 pontos em dezembro, após registrar 54,3 pontos em novembro, de acordo com dados divulgados pelo instituto IHS Markit em parceria com o grupo de mídia Caixin. Ainda assim, leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração.

Segundo a pesquisa, a leitura sinalizou uma sólida melhoria na saúde do setor, uma vez que a economia continuou a recuperar-se da pandemia do novo coronavírus. A taxa de melhoria, porém, foi a mais suave em três meses, tendo diminuiu desde o pico de uma década em novembro, refletindo o aumento mais lento na produção e nos novos pedidos em geral.

“Tanto a demanda quanto a oferta na indústria permaneceram fortes, enquanto a demanda externa melhorou. Os subíndices para a produção e o total de novos pedidos caíram em relação ao mês anterior, mas permaneceram em território expansionista”, de acordo com o economista sênior do Caixin Insight Group, Wang Zhe. “A situação de pandemia no exterior permaneceu incerta, mas a demanda por exportações da China melhorou, pois o subíndice de novos pedidos de exportação ficou em território positivo pelo quinto mês consecutivo”, disse o economista.