Arrecadação federal encolhe 0,08% em dezembro

211

Brasília – A arrecadação total registrou queda real – descontando o efeito da inflação – de 0,08% em dezembro em relação a um ano atrás, somando R$ 147,501 bilhões. Em relação a novembro, a arrecadação real teve alta de 16,51% e alta nominal de 17,85%, segundo dados divulgados pela Receita Federal nesta terça-feira (22).

Em 2019, a arrecadação total somou R$ 1,537 trilhões, alta de 1,69% em relação a 2018. O resultado é o melhor para o ano desde 2014. A arrecadação unicamente de impostos e contribuições federais, conhecida como receita administrada, somou R$ 144,817 bilhões em dezembro, alta de 0,16% em relação a dezembro de 2018.

Segundo a Receita Federal, o resultado da arrecadação em base anual respondeu ao crescimento de 11,9% do recolhimento de IRPJ e CSLL, da redução das alíquotas do PIS/COFINS e CIDE sobre óleo diesel, crescimento das arrecadações de Imposto de Renda de Pessoa Física, principalmente me decorrência de ganhos na alienação de bens e ganhos líquidos em operações em bolsa e da reclassificação dos recolhimentos do PERT para os demais tributos, com reflexo no desempenho do item “outras receitas administradas”.