Aprovação a Trump aumenta com pandemia, diz pesquisa

637

São Paulo – A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, subiu durante a pandemia de coronavírus, segundo indica pesquisa publicada pelo Washington Post e a ABC News, fazendo com que sua desaprovação caísse abaixo dos 50% pela primeira vez desde 2017.

O levantamento mostrou que Trump possui 48% de aprovação, uma alta de 5 pontos percentuais (pp) em relação à última pesquisa publicada no dia 17 de fevereiro.

Segundo a enquete, feita por telefone durantes os dias 22 e 25 de março com 1.003 adultos, 46% das pessoas reprovam suas atitudes e decisões como mandatário da nação. Na última publicação, sua taxa de reprovação era de 53%. Desde 20 de abril de 2017, sua taxa de reprovação vinha se mantendo acima dos 50%. A publicação possui margem de erro de 3,5 pp para mais ou para menos.

Desde a entrada do vírus no país, a popularidade de Trump vem aumentando gradualmente. Segundo a pesquisa, em 23 de janeiro, dois dias depois que o primeiro caso de cronavírus foi reportados nos Estados Unidos, a aprovação do presidente pulou de 38% para 44%. Em 17 de fevereiro, esse número foi para 43% e agora se enecontra em 48%.

Na mesma pesquisa, outro questionamento foi feito perguntando se o participante aprovavas as medidas de Trump para conter a pandemia no país. 51% das pessoas responderam que aprovam, contra 45% que desaprovam. 4% disseram não ter opinião sobre o assunto.