ANP notifica Petrobras e BR Distribuidora sobre gasolina de aviação

172

São Paulo – A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) notificou ontem (4) a Petrobras e na quarta (3) a BR Distribuidora, em processo investigativo, a prestar, em 48 horas, informações detalhadas sobre a gasolina de aviação (GAV) fora dos padrões de especificação produzida em janeiro na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão, São Paulo. Segundo a Petrobras, foram comercializados pouco mais de dois mil metros cúbicos desse produto.

Segundo a ANP, além das informações já prestadas, a Petrobras será notificada hoje (5/2) a fornecer dados adicionais de movimentação e de qualidade do volume de GAV fora da especificação comercializado pela Refinaria
de Cubatão.

Técnicos da ANP, que estão na refinaria desde a última quarta-feira para investigar o ocorrido, já coletaram amostras do combustível para análise em laboratório. A Refinaria Presidente Bernardes é a única a produzir gasolina de aviação no Brasil.

Na última quarta-feira, a BR Distribuidora suspendeu, de forma preventiva, a comercialização de gasolina de aviação (AVGAS) para seus clientes diretos e revendedores. Segundo a empresa, foi identificada a existência de um parâmetro do combustível fora dos limites de especificação.

Bruno Soares / Agência CMA