Analistas veem resultados positivos da BR Malls no 4T20

Foto: Pexels

São Paulo – O Credit Suisse analisou os resultados do quatro trimestre de 2020 da BR Malls como positivo. O banco destaca que a administradora de shoppings centers surpreendeu positivamente com os indicadores de vendas, alugueis e taxa de ocupação.

A empresa reportou um lucro líquido ajustado R$ 62,2 milhões no período. A receita líquida foi de R$ 266,7 milhões.

Já o BTG Pactual considerou o resultado fraco, mas em linha com o esperado devido os impactos da pandemia de coronavírus que levou à restrição de circulação de pessoas e menor movimento nos shoppins centers.

A XP Investimentos analisou os resultados como ligeiramente mais fortes do que o esperado e destacou que o “fluxo de notícias negativas sobre possíveis restrições mais rígidas à atividade comercial em todo o país em razão do aumento de casos do coronavírus permaneça nos holofotes no curto prazo, o que deve continuar trazendo volatilidade às ações.”

“A companhia operou cerca de 92,8% da sua capacidade, o que refletiu na continuidade da recuperação das vendas nas mesmas lojas e alugueis nas mesmas lojas. A taxa de ocupação permaneceu relativamente estável em 96%, uma vez que as atividades de locação mais fortes no trimestre impediram um maior aumento da vacância”, disseram os analistas da XP.

Às 13h29 (horário de Brasília), as ações (BRML3) registravam leve alta de 2,20%, a R$ 9,26.