Alcolumbre ainda definirá promulgação da reforma da Previdência

187
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, falam à imprensa após se reunirem na residência oficial da Presidência do Senado. (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Por Álvaro Viana

Brasília – A Secretaria-Geral da Mesa do Senado informou que a reportagem divulgada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” nesta quinta-feira, de que a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19, aprovada esta semana em segundo turno na Casa revisora, seria feita em dezembro, não procede.

Diferente do que foi informado pela matéria, a data ainda será definida por Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, segundo a Secretaria-Geral da Mesa.

“A mensagem interna retratada na matéria foi utilizada pelo jornalista em contexto equivocado e refletia posicionamento anunciado pela Senadora Rose de Freitas em Plenário na data de ontem, quando se firmou entendimento de aguardar o envio de projeto de lei complementar relativo a um dos destaques apreciados, mas não sua aprovação”, informa a SGM.